Por que se usa o incenso na Missa?

As ideias simbólicas relacionadas com o incenso usado no turíbulo baseiam-se no aroma, na fumaça e na composição de resinas incorruptíveis. A fumaça que sobe simboliza as orações que sobem ao céu, o aroma afasta espíritos e influências maléficas, a resina simboliza a perenidade. No cristianismo o incenso foi inicialmente usado em cerimônias fúnebres, porém, mais tarde passou para atos litúrgicos em geral. O rito da incensação exprime reverência e oração. O agitar do turíbulo em forma de cruz recorda principalmente a morte de Cristo e seu movimento em forma de círculo revela a intenção de envolver os dons sagrados e de consagrá-los a Deus.



Durante a Missa, usa-se o incenso:



- durante a procissão de entrada;


- no princípio da Missa, para incensar o altar;


- na procissão e proclamação do Evangelho;


- no ofertório, para incensar as oferendas, o altar, a cruz, os celebrantes e o povo;

- à elevação da hóstia e do cálice, depois da consagração.

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Arquivo
Procurar por tags
Siga
  • Facebook